Portal de Notícias do RN

MENU

Notícias / Geral

TCU aponta superestimativa da vazão de água e Ramal do Apodi pode ficar sem recursos no Orçamento de 2024

Havia uma previsão inicial de vazão de 40 metros cúbicos de água, mas que foi revisto depois para a metade.

TCU aponta superestimativa da vazão de água e Ramal do Apodi pode ficar sem recursos no Orçamento de 2024
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Comissão Mista de Orçamento discutiu o caso de cinco obras federais com indícios de irregularidades graves e que podem ficar sem recursos no Orçamento de 2024.

Uma obra que está sendo analisada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), mas que ainda não tem decisão final sobre ela, é a do Ramal do Apodi dentro da Transposição do Rio São Francisco. O tribunal aponta uma superestimativa da vazão de água para a demanda apresentada nos projetos. A obra tem previsão de término para outubro de 2025 e está com 25% de execução.

Oscalmi Freitas, do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional, disse que havia uma previsão inicial de vazão de 40 metros cúbicos de água, mas que isso foi revisto depois para a metade.

Leia Também:

O deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA), relator do comitê de obras irregulares, disse que é preciso ter cuidado com as obras relativas ao rio São Francisco para que ele seja preservado:

“É natural que cada população de cada uma das regiões tente dimensionar o máximo possível de água que possa chegar ali para irrigação e outros usos. Mas tem que olhar o todo, o contexto geral que o São Francisco se encontra”.

Fonte/Créditos: Da Rádio Câmara, de Brasília, Silvia Mugnatto

Créditos (Imagem de capa): Dênio Simões/MDR

Comentários:

MAGNOS ALVES

Publicado por:

MAGNOS ALVES

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )