Portal de Notícias do RN

MENU

Notícias / Geral

Proprietário de restaurante no Centro de Mossoró é preso por “gato” de energia

Proprietário de restaurante no Centro de Mossoró é preso por “gato” de energia
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Equipes técnicas da Neoenergia Cosern, com auxílio da Polícia Militar, identificaram e desativaram uma ligação clandestina de energia (o popular “gato”) num restaurante no Centro de Mossoró na tarde desta quarta-feira (31). O proprietário do estabelecimento foi preso e conduzido pela Polícia Militar para a Delegacia de Plantão e autuado em flagrante pelo crime de furto de energia elétrica. Ele está à disposição a Justiça e passará por uma audiência de custódia.

O gato de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Pena e a pena para o responsável pela irregularidade (fraude, furto ou adulteração de medidor) pode chegar a oito anos de reclusão. Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode causar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos.

“É muito importante que os potiguares saibam que todos nós pagamos pelo prejuízo causado por esse tipo de crime”, lembra Júlio Giraldi, superintendente de Relacionamento com Clientes da Neoenergia Cosern. “Todos os anos, no momento de calcular o valor do reajuste tarifário, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) inclui no cálculo um percentual relativo à essas perdas”, alerta o superintendente.

Leia Também:

Números da “Operação Varredura”

As ações de combate às ligações clandestinas da Neoenergia Cosern em todo o Rio Grande do Norte têm sido cada vez mais intensas. Ao longo de 2022, foram realizadas 55.345 inspeções e identificadas 5.487 irregularidades por meio da “Operação Varredura”, desenvolvida em parceria com as autoridades de segurança. O volume total de energia que estava sendo desviada e foi recuperada seria suficiente para abastecer, por exemplo, todo o Rio Grande do Norte por um dia e meio. Em 2022, quatro pessoas foram presas pelas autoridades policiais em todo o Rio Grande do Norte praticando esse tipo de crime.

Assista abaixo video em que Gilmar Mikeias, gerente da Neoenergia Cosern, fala dos riscos e prejuizos causados pelos "gatos".

https://www.youtube.com/watch?v=h22LILFnggY

Comentários:

MAGNOS ALVES

Publicado por:

MAGNOS ALVES

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )